Trama Central

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trama Central

Mensagem por Sensus em Dom Set 03, 2017 6:40 pm

A usina nuclear localizada no ambiente florestal do Bronx em Nova Iorque estava sob custódia do conselho governamental da cidade. Grande parte dos operários haviam sido demitidos pelos novos proprietários, pois a usina seria transformada em um laboratório experimental que conduzia a energia elétrica através de ressonâncias eletromagnéticas dentro de um cubo metálico, rígido e de tamanho duvidoso. A concentração massiva de energia estabelecida sobre o aparelho fazia com que a parte natural da região queimasse com as toxinas liberadas pela fumaça das aberturas centrais do prédio, mas o erro de um dos cientistas custou a vida dos trabalhadores. O nível de PH havia sido restabelecido pela chefia, mas o erro bioquímico foi o suficiente para transformar a usina em pó. A acidez derretia as paredes, causando combustões de tamanhos variáveis quando atingiam os aparelhos de grande porte, a mão de obra correu, mas não o suficiente para impedir uma avalanche de problemas.

A nuvem ácida percorreu caminhos que eram denominados seguros, infestando o céu azulado dos novaiorquinos. Todos estavam expostos a energia materializada do cubo, a energia esverdeada toxiinfecciosa se acumulou na água potável, nas indústrias e grandes campos de agricultura. Tudo estava sem segurança, embora nenhum habitante soubesse do risco o conselho mantinha tudo em segredo para evitar mutirões, greves e manifestações turbulentas que atrapalhassem os planos do governo. Aquele que se contaminou sofreu um AVC levando a morte, a mutação genética ou apenas um susto. Os afortunados que ganharam habilidades extraordinárias eram os alvos do conselho e da corporação, cientistas e sequestradores profissionais que andavam lado a lado para capturar os condutores elementais, afim de pesquisas, de os tornar armas letais para a guerra.

Nova Iorque se reergueu após pesquisadores desenvolverem uma espécie de medicação líquida que comportava elementos químicos que atingiam o funcionamento cerebral das pessoas, atacando o sistema nervoso e principalmente as memórias. Implantaram o líquido em uma espécie de nuvem falsa, que trouxe consigo a chuva do líquido prateado que ao penetrar na pele da pessoa apagaria sua memória, removendo as lembranças da catástrofe nuclear.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum